este é o pix usado para

Praticamente uma febre entre todas as pessoas que possuem contas bancárias via celular, o Pix hoje é o terceiro método de pagamento mais utilizado no Brasil, ficando atrás apenas dos cartões de crédito e débito. Muito disso acontece pela praticidade que ele entrega, mas há muito mais por trás desta conversa do que você pode imaginar.

Para entendermos completamente o que levou o Pix a ser tão utilizado, bem como onde ele anda sendo aplicado, é necessário começar do início e conhecer o nascimento desta modalidade de transação bancária. Confira!

Conheça o Pix

A primeira informação necessária sobre o pagamento instantâneo é que hoje, três anos após o seu surgimento, ele está definitivamente instaurado nos hábitos de praticamente todo cidadão brasileiro. Mas você sabe como isso andou até chegar nesse ponto de ser popular a ponto de haver até cassinos que pagam via Pix?

Bom, não há muito mistério em volta da história do Pix e é ela que iremos contar agora.

Como surgiu este meio de pagamento imediato

No ano de 2020, o Banco Central desenvolveu um tipo novo de transferência, que tinha como intuito substituir, aos poucos, as transferências bancárias comuns. Apesar de informado no início deste ano, em fevereiro, ele passou a ser realmente funcional apenas em novembro, quando já deslanchou com uma ferocidade ímpar.

A questão é que, com o passar do tempo, o Banco Central pode observar que o uso não estava acontecendo exata e exclusivamente para fazer as transferências, mas sim para tudo o que envolvia transações financeiras. As pessoas (e empresas) começaram a utilizar a transferência instantânea para pagar contas, recebê-las e até mesmo substituir o dinheiro em papel, propriamente dito. Quase tudo passou a ser factível para o Pix. E foi dessa maneira que ele ganhou o seu tão grande espaço atual.

Quem pode utilizar

O seu desenvolvimento foi desenhado de uma forma ímpar, única, que consegue atender a maior parte das pessoas que necessitam transacionar dinheiro. Isso significa que podem fazer uso do Pix as pessoas física ou jurídica. Mas há algumas condições para que isso aconteça.

Sendo ela PF ou PJ, é imprescindível que haja uma conta-corrente (poupança ou de pagamento pré-paga) em uma das instituições participantes do Pix. Hoje, dificilmente você encontrará um banco ou instituição financeira que não trabalhe com esta alternativa.

O acesso não se dá por meio de um aplicativo específico. Tudo ocorre dentro do aplicativo da própria instituição financeira do usuário, via internet banking. Acompanhe a seguir mais informações sobre.

Como fazer um Pix

O Pix, que acontece dentro do aplicativo do seu banco de uso comum, pode acontecer de diversas formas. É possível fazer a transferência para uma chave, que se apresenta como:

  • CPF/CNPJ;
  • E-mail;
  • Telefone celular;
  • Chave aleatória;
  • QR Code;
  • Pix copia e cola (para casos onde o QR Code não consegue ser lido pela câmera).

Estas são as maneiras mais simplificadas de fazer a operação, mas ela ainda pode ser concretizada com o preenchimento manual de todos os dados do beneficiário, tal qual uma transferência comum.

Apesar de ser instantâneo, a sua versatilidade é tão grande que o Pix ainda tem a alternativa de ser agendado. Isso significa que ele cairá imediatamente na data futura previamente agendada. Muita opção em um único lugar, não é mesmo?

Vantagens do Pix sobre a transferência bancária

Quando colocado em comparação com os demais métodos, em especial diante da transferência bancária comum, o Pix se mostra muito superior. Muitos dos motivos são:

  • A velocidade: o fato de ser uma transação que acontece em questão de segundos, enquanto a outra podia demorar até dias, faz com que a preferência pelo Pix seja quase que unânime.
  • A simplicidade do preenchimento de dados: muito mais fácil do que preencher um quadro imenso com dados de banco, conta e afins, o uso das chaves traz uma praticidade inigualável ao Pix.
  • Pode ser feito a qualquer hora do dia, não tendo as restrições de horário de funcionamento bancário como as transferências bancárias comuns.
  • Possui, em sua maioria, gratuidade na tarifa, o que torna tudo ainda mais atraente, já que se mostra à frente até mesmo de cartões de crédito e débito que cobram uma taxa dos estabelecimentos.

Assim, considerando todas essas vantagens, fica evidente que o Pix não só revolucionou as transações financeiras no Brasil, mas também estabeleceu um novo padrão de eficiência e comodidade para os usuários.

Veja para que o Pix pode ser usado

Certo, até agora foi possível entender com plenitude os preceitos básicos do Pix, mas vamos ao que realmente interessa: para que ele pode ser usado? De compras na vendinha da esquina até mesmo pagamentos grandiosos para uma empresa, o Pix é de uma abrangência ilimitada.

Transferências rápidas

Para movimentações intercontas, o Pix é mesmo a melhor escolha. Com uma entrega de resultado que beira os 10 segundos, é possível transferir o dinheiro de uma conta para outra com simples clique, literalmente em um piscar de olhos.

Compras físicas

Talvez tenha sido o uso que mais demorou para “pegar”, mas hoje já é muito comum encontrar pessoas utilizando-se do Pix para fazer pagamento de compras de mercado, roupas e afins. Todos os setores foram beneficiados, assim como os compradores.

Lazer

De teatros a shows, parques até hotéis, hoje em dia não há mais quem não aceite (e muitas vezes até prefira) o pagamento via Pix. A atualização é tamanha que existem inclusive cassinos com Pix. Uma via de mão dupla onde até quem recebe, paga e, em ambas circunstâncias, prefere pela transação de transferência instantânea.

Compras online

Talvez este seja o maior foco do Pix da atualidade, afinal, o número de compras online foi crescente, especialmente no período pós-pandêmico. O que realmente acontece é a praticidade de já finalizar um pedido no mesmo momento em que ele é feito, copiando um código digitável e lançando ele para pagamento de forma quase que conjunta com o ato de comprar.

Pagamentos Práticos com o Pix!

Por fim, a conclusão que se tem é que o Pix Pode ser usado em absolutamente tudo que exija alguma praticidade. Ele dispensa inclusive a necessidade de o portador ter uma carteira em mãos, com dinheiro e/ou cartão. Levando apenas o telefone celular, é possível comprar, receber e transacionar tudo o que for necessário. Se você ainda não aderiu a este show de praticidade, experimente e veja seu mundo mudar diante dos seus olhos.

Perguntas frequentes

Quem pode usar o PIX?

Qualquer pessoa física ou jurídica pode usar o PIX. O serviço está disponível para todos os brasileiros que tenham uma conta em instituição financeira participante.

Qual é o principal uso de pagamentos instantâneos via PIX?

O principal uso dos pagamentos instantâneos via PIX é realizar transações financeiras de forma rápida e eficiente. O PIX possibilita transferências instantâneas entre contas, pagamento de contas, compras em estabelecimentos comerciais e diversas outras operações, contribuindo para a agilidade e conveniência nas transações cotidianas.

O que preciso fazer para usar o PIX?

Obtenha uma conta bancária que suporte o PIX, registre chaves de identificação como número de celular/e-mail/CPF, acesse a seção PIX no aplicativo móvel, insira as chaves do destinatário, verifique e envie o pagamento.

Quais são as principais vantagens da sua utilização?

Pagamentos instantâneos, bônus especiais para esse método, depósitos acessíveis & segurança nas transações.

Com uma paixão por jogos de cassino e um profundo conhecimento do método de pagamento Pix, Daniel Barreto é o nosso especialista de confiança. Sua experiência na indústria de cassinos e sua expertise em Pix garantem que você obtenha informações valiosas para aprimorar sua experiência de jogo e simplificar suas transações financeiras.