pix explicada

Atualmente, a forma mais prática de se fazer uma transferência bancária ocorre por intermédio do Pix, abreviatura de pagamento instantâneo. Já bastante estabelecido no mercado atual, é possível observar desde pequenos mercados que aceitam o serviço chegando até mesmo a cassinos sites que pagam via Pix.

Conheça agora um pouco mais sobre esta ferramenta que facilita muito a vida dos brasileiros e proporciona mais celeridade às transações financeiras em geral. A seguir, você terá um breve roteiro de tudo o que precisa saber para compreender e usar o Pix no seu dia a dia.

O surgimento

Criado no início de 2020 e colocado para uso por volta de novembro do mesmo ano, o Pix surgiu com o intuito de facilitar transações diárias de pessoas tanto físicas quanto jurídicas. A ideia inicial era de que ele fosse um substituto direto das transferências bancárias, por fazer o mesmo com o bônus de não cobrar nenhuma taxa e ter o seu processamento de fato em poucos segundos. Mas o que aconteceu foi um pouco diferente…

O Pix caiu na graça da população e passou a ser usado para praticamente tudo, de pequenas compras na padaria até lazer como teatros, shows, e cassinos com Pix. Isso se deu pela grande praticidade que, unida à rapidez com que tudo acontece, se mostrou um combo perfeito para quem paga e também para quem recebe.

Atualmente, a marca de transações anuais bate a marca que ultrapassam trilhões de reais, e com uma crescente que não parou até o momento. Sendo o terceiro método de pagamento mais usado no país, atrás apenas dos cartões de crédito e débito, o Pix segue escalonando seu uso e não apresenta nenhum sinal de queda para um futuro breve.

Como funciona

O funcionamento se dá de forma muito mais simplificada que uma transferência comum, não necessitando de um aplicativo próprio para tal, por exemplo. Tudo acontece dentro do internet banking e a única coisa que é realmente requisitada é o cadastro das chaves.

Pode parecer um pouco vago, mas vamos explicar tudo de forma mais minuciosa agora para que você tenha completo domínio sobre o Pix. Acompanhe a leitura.

Pagar através de Pix

Os pagamentos precisam de chaves para acontecerem. Elas podem ser e-mail, CPF, CNPJ, número de telefone celular, QR Code ou mesmo uma chave aleatória, mas são imprescindíveis para que o processamento ocorra. Acompanhe o passo a passo a seguir para saber exatamente como fazer pix na sua transação:

  • Com o app do seu internet banking aberto, localize a opção Pix
  • Selecione “Transferir com Pix”
  • Digite a chave de quem irá receber o valor transferido
  • Automaticamente, o sistema deverá identificar o recebedor do pagamento
  • Preencha valor e data do pagamento (ele pode ser agendado, mas é obrigatório que haja fundos no momento da transação ser efetivada, caso contrário, ela é cancelada)
  • Verifique se todos os dados estão corretos – como nome, valor e data
  • Digite a sua senha e pronto, a transferência acontece em até 10 segundos

Receber via Pix

O recebimento se mostra um pouco mais simples: basta que você informe ao pagador a chave e o valor e pronto! Assim, como um passe de mágica, o dinheiro deve cair na sua conta em poucos segundos.

Para não cair no conto do agendamento (pasme, há quem faça isso), peça sempre o comprovante de pagamento e confira se a data está mesmo correta, bem como o valor total pago.

Onde o Pix é aceito

Onde há negociação financeira, necessidade de recebimento ou pagamento, acredite, o Pix pode estar! Isso demonstra o quão flexível e popular ele é. Amplamente utilizado por pessoas físicas ou mesmo negócios em geral, hoje ele abocanha o lugar de terceiro método de pagamento mais utilizado no país e isso não é por acaso. Conheça agora alguns dos lugares onde o Pix é aceito:

  1. Transferências bancárias
    Para simples transferências entre pessoas tanto físicas quanto jurídicas, o Pix se mostra a melhor opção por ser mais rápido e fácil que as transferências tradicionais.
  2. Pagamento de impostos
    Até mesmo o Governo já aderiu ao Pix e hoje aceita que muitos de seus impostos e tarifas sejam quitados através dele.
  3. Compras
    Seja online ou em loja física, as compras em geral já estão com pagamentos consolidados no Pix.
  4. Supermercado
    Até o mais básico de tudo, que é uma compra de supermercado, pode ser paga através de um QR Code gerado para apontar a câmera e fazer um Pix.
  5. Lazer
    De casa noturna a bares e shows, como já mencionamos, hoje em dia há até mesmo cassinos com Pix. Não há restrições nem impedimentos quanto a utilização. Na verdade, quanto mais negócios surgem, mais aderem ao método de pagamento.

Perguntas frequentes

Posso estornar o Pix?

O Pix é uma transação única e segura, mas para isso é necessário que você tenha certeza do que está fazendo. Portanto, antes de preencher senha e enviar o valor decidido, confira cada detalhe da transação uma, duas, três vezes se achar necessário. O importante é ter absoluta certeza de que todos os dados estão corretos e, só então, dar o aval para concretizar a operação. Após a efetivação, com o fornecimento de senha, não haverá mais como estornar a transação.

O Pix é uma transação segura?

Desenvolvido pelo Banco Central, o Pix é uma transação completamente segura que preza muito pela proteção dos dados de cada cliente, trabalhando sempre pelo combate às fraudes e, especialmente, evitando a lavagem de dinheiro.

Como funcionam os limites do Pix?

Os limites devem ser setados pelo usuário, que é quem determina o montante que gostaria de ter como valor máximo a ser transacionado por operação, mas, apesar disso, por questões de segurança, os bancos podem limitar alguns valores de acordo com cada período do dia. À noite, por exemplo, os limites do Pix caem de forma significativa para tentar minimizar possíveis tentativas de furtos. De toda forma, o cliente pode fazer a alteração desse limite quando bem desejar, tendo o banco a obrigatoriedade de atender ao pedido num prazo de até 48h.

É fácil realizar pagamentos através do PIX?

Sim, o PIX é uma forma fácil e rápida de realizar pagamentos no Brasil. Basta cadastrar suas chaves de identificação, acessar a seção PIX no aplicativo do banco, inserir as informações do destinatário e confirmar a transação. A disponibilidade 24/7 e a agilidade tornam o PIX uma opção conveniente para transações cotidianas.

Com uma paixão por jogos de cassino e um profundo conhecimento do método de pagamento Pix, Daniel Barreto é o nosso especialista de confiança. Sua experiência na indústria de cassinos e sua expertise em Pix garantem que você obtenha informações valiosas para aprimorar sua experiência de jogo e simplificar suas transações financeiras.