O futuro do Pix: continuará sendo o meio de pagamento favorito dos brasileiros?

Já consolidadamente presente no dia a dia de todos os brasileiros, o Pix vem prometendo muito para um futuro nada distante. Cheio de planos e novidades para o ano seguinte, o método de pagamento se mostra cada vez mais firme e desenvolto em meio às possibilidades que o meio apresenta.

Atualmente aceito desde compras em padarias passando até por cassinos que pagam via Pix, este é o método de transferência favorito dos usuários de instituições bancárias no país e um dos mais usados para pagamentos em geral. Muito disso se dá pela forma com que apresenta seu funcionamento, mas há muito mais por trás do que se vê.

Há uma grande equipe pensando e analisando cada detalhe do Pix para torná-lo sempre muito melhor do que o que já se encontra e é possível perceber estes detalhes analisando tanto passado quanto prospecções do futuro. Conheça um pouco mais do Pix nesta entrega de informações que compilamos especialmente para você.

Conheça tudo o que já aconteceu com o Pix até agora

Desde sua criação até os dias atuais, já aconteceu muita novidade no mundo do Pix. Talvez para os usuários sejam detalhes que passam, hoje, despercebidos, já completamente absorvidos pelo uso diário, mas vale salientar que tudo faz parte de um planejamento para otimizar ainda mais o que já é bom.

No primeiro ano, pudemos observar um movimento muito interessante, que foi a integração dos apps financeiros à lista de contatos de cada usuário em seus smartphones. Isso poupou muitos esforços no momento das transferências, facilitando deveras o processo. Com esta sincronização, ficou ainda mais fácil identificar a parte que receberia a transação, além de também mais seguro para ambas as partes.

Um canal de atendimento também foi pensado para trazer ao usuário mais segurança e um espaço para a tratativa de eventuais problemas que pudessem surgir. E, por falar em segurança, foi pensando nela que algumas outras medidas foram também tomadas.

Algumas regras foram ajustadas e questões como a transferência noturna ser mais limitada passou a ser algo de praxe, para fins de evitar furtos e pequenos sequestros relâmpagos de usuários. Pensar nos limites sempre foi uma preocupação que trouxe consigo uma série de alternativas para trabalhar a segurança.

Para fins de manter tudo dentro dos conformes, naquele mesmo ano, o Banco Central elaborou um plano de ação que conta com regulamento a ser cumprido tanto por pagantes, quanto por recebedores, onde as boas práticas são amplamente descritas e até mesmo sancionadas para fins de punição de irregularidades.

Novidades previstas para o desenvolvimento do Pix

Já para o próximo ano, as notícias giram muito em torno de uma movimentação pontual: o Pix automático. Um planejamento que deve sair em abril de 2024, o Pix automático está prometendo tudo. Mas o que de fato é esta opção?

No maior estilo pagamento recorrente, o Pix automático chega com a intenção de melhorar a rotina dos usuários automatizando pagamentos em geral. Na prática, isso significa que você poderá, assim como já faz com débito em conta, fazer um Pix programado para o pagamento de determinadas faturas. Nisto inclui água, luz, telefone e até mesmo os streamings.

Qualquer usuário dos serviços poderá fazer uso desta novidade que já terá suas primeiras movimentações de testes feitas ainda este ano. Mas é necessário se atentar quanto ao saldo em conta, que precisa estar suficientemente composto da valoração a ser descontada no dia do Pix automático.

Por que o Pix é o queridinho dos brasileiros

A verdade é que o Pix é uma verdadeira paixão nacional. Boa parte dos 190 milhões de brasileiros que possuem conta-corrente já está devidamente inserido no sistema Pix desde o momento em que ele surgiu. Mas alguns fatores foram decisivos na construção de todo esse amor e você sabe quais foram eles?

Claro, para cada usuário há um ou outro motivador que chama mais a atenção, mas encontramos três deles que são praticamente unanimidades entre todos e formam um Top 3 requisitos mais importantes na existência e utilização do Pix:

Velocidade da transação

O fato de o dinheiro passar tão rapidamente de uma conta para outra traz consigo um peso muito grande. É possível, em questão de segundos, pagar uma conta, uma compra ou mesmo enviar dinheiro para terceiros sem que haja qualquer ruído na transação. A praticidade de ver toda a negociação se dar por efetivada em tão pouco tempo traz tranquilidade a quem paga e segurança a quem recebe.

Possibilidades de usar crédito

Uma das mais novas possibilidades do Pix é o uso do crédito do cartão para pagar e/ou parcelar. Assim, utiliza-se o melhor dos dois mundos: a velocidade do Pix e a estabilidade do crédito. É importante, neste caso, salientar que os usuários pessoa física seguem sem nenhuma cobrança de taxas para a transação Pix, porém, os cartões podem, sim, tarifar o uso do crédito para tal manobra. Fique atento antes de aceitar a opção e veja se realmente é válida para você.

Inexistência de taxas

A inexistência de taxas é algo muito relevante, sendo encontrada para toda transferência entre pessoas físicas. No caso de pessoa jurídica, se faz necessário observar caso a caso pois pode surgir alguma cobrança específica. De toda forma, o meio mais utilizado é entre pessoas físicas que não trocam o Pix por nada por ter ainda mais esta característica tão valiosa para todo usuário.

Podemos esperar que o Pix continue em alta nos próximos anos?

Diante de todo o visto e conhecendo os projetos para um futuro próximo do Pix, é de se esperar que ele permaneça no topo por um tempo considerável. A menos que surja algo muito inovador, não há muito espaço para competição que tire o método de pagamento ao menos dos top 3.

O Pix chegou no Brasil para ficar e se mostra cada vez mais forte e consolidado na rotina diária de todo usuário. Espera-se que sua crescente seja ainda maior e que, com o passar dos dias, mais novidades sejam somadas ao seu funcionamento atual. Todos só têm a ganhar com implantações de melhorias no sistema.

Perguntas frequentes

Por que o PIX é o número um no Brasil?

Porque oferece às pessoas comuns a possibilidade de pagar sem precisar de dinheiro vivo, de forma rápida e eficiente. Ele também é popular por causa de seu custo, que é gratuito

As tarifas são baratas quando se usa o PIX para cassinos?

Sim, não há taxas associadas à realização de pagamentos de e para um cassino on-line, nem agora nem no futuro. No entanto, cassinos específicos podem cobrar um valor baixo, mas não são muitos os que fazem isso.

O que acontecerá com o PIX no futuro?

É muito provável que o PIX continue a crescer no Brasil e no exterior. Uma coisa que está sendo planejada para breve é combinar mais ferramentas de IA com o PIX. Há também o lançamento de um novo produto chamado Pix Automatico em abril de 2024.

Quantos brasileiros usam o PIX?

Atualmente, o PIX tem mais de 150 milhões de usuários.

Com uma paixão por jogos de cassino e um profundo conhecimento do método de pagamento Pix, Daniel Barreto é o nosso especialista de confiança. Sua experiência na indústria de cassinos e sua expertise em Pix garantem que você obtenha informações valiosas para aprimorar sua experiência de jogo e simplificar suas transações financeiras.